domingo, 9 de maio de 2010

True Colors

A prima veio toda orgulhosa mostrar a primeira leitura obrigatória do ano na escola. Foi brincar no computador e me deixou na sala com o livro na mão. Fininho. Era "Sete histórias para contar", da Adriana Falcão. Daqueles que você lê em uma folheada de oito minutos. Em uma das historinhas há uma menina que tinha uma dor azul, chamada desasossego. Essa eu li duas vezes. Azul-desasossego. No meio da aquarela cinza que pinta minha vida, lembrei da minha dor colorida. Amarelo-desespero. Peregrino. Vai e volta. Tinta boa, daquelas que não desbota o tom.

2 comentários:

Ana Clara Otoni disse...

Desse eu gostei!

Autor disse...

Owwww... Eu já li esse livro.
E adorei seu postinho.
Saudade de ti.