sábado, 25 de outubro de 2008

Ali Jaz

- Boa tarde gente, boa tarde! Dona Denise, como vai? E a família? Seu Tião! Teve festa aqui hoje?  Deixa eu ir ali correndo falar com o Euclides que eu tô atrasadíssima. 

Desculpa a demora, hoje quase que não deu pra vir. Teve a apresentação de balé da Isadora na escola...você tinha que ter visto. Um primor! Depois levei as crianças pra comer pizza e comemorar. Elas mereciam, estão sendo uns amores. Só depois que as deixei em casa e passei na padaria pra comprar um maço de cigarros é que eu pude vir para cá. É, voltei a fumar. Tem sido tudo muito difícil, e você sabe, o cigarro... Eu sei que você odeia, não precisa falar nada. Não, as crianças ainda não viram. Eu vou tentar parar, é só este maço, e juro... Aí acabo. Você se importa? Vou acender um. 
Hum...(solta a fumaça...) Vou sentar. Pelo visto alguém anda limpando aqui direitinho. Com quem mais você anda se encontrando? Reparou que meu cabelo mudou? É a mesma tinta da Malu Mader. As pessoas tão falando que eu fiquei mais nova. Acho que fiquei com um tom de mulher executiva, concorda? 
Hum...(solta a fumaça...) Trouxe essas flores hoje para enfeitar, mas acho que da próxima vez não terei dinheiro. Sabe como é, a crise da bolsa americana atingiu as flores. Vou arranjar uma nova forma de decoração, algo reciclável, feito em casa. Que achas? 
Hum...(solta a fumaça...) Desculpa, foi no seu rosto? Essa semana tem doído fundo a sua falta. Parece que espetaram meu coração como se fosse uma picanha e colocaram para queimar. Gostou da comparação? Ah Euclides! (dá uma bolsada)...você não precisava ter ido desse jeito. Não achei digno. Eu sempre estive do seu lado, oras. Oito anos não são oito dias. Juntos seria muito mais fácil acabar com aquela palhaçada toda. Mas não, você quis lutar sozinho. Herói dos filhos, né? Hahaha...Mas a Graça, da mercearia, já tinha me dito uma vez: as pessoas são mutáveis, estranhas, às vezes canalhas, às vezes problemáticas... 
Hum...(solta a fumaça...). Hum...(solta a fumaça...). Já vai dar seis horas. Toma essas flores. Minha rotina de trabalho começa agora, né. Se não aparecerem sete clientes essa noite, não vai dar pra pagar o patins novo do Euclides Júnior. Que tá enorme, você precisa ver. 
Oh, tão fechando o cemitério. Não tem vela para acender hoje. Ou eram velas, ou flores. Vou pegar uma aqui da Quitéria, ela não vai se importar. Tchau querido, amanhã eu volto. Ah, vou ver se dá pra fazer o bolo de cenoura. Acho que tem cenoura lá em casa. 

sábado, 18 de outubro de 2008

Confesso

Faltam quinze minutos para a cerimônia começar. REBECA entra na igreja com uma sacola com dezoito revistas. Nas mãos, um véu de renda negra com o qual ela cobre os cabelos. Olha para todos os lados, rouba uma rosa murcha que estava aos pés de uma santa e coloca no decote entre os seios. Enfia a mão no recipiente de água benta e joga o líquido por debaixo da saia longa de brim. Um arrepio percorre todo o seu corpo. Pára em frente ao confessionário e bate na janelinha. 
PADRE: Boa tarde, minha filha. 
REBECA: Cê viu ontem Padre?? 
PADRE: Cof cof...ehr...
REBECA: Tá vazio, pode falar! 
PADRE: Fiquei com vontade de esmurrar a cara da Flora! 
REBECA: Também achei um absurdo, Padre. 
PADRE: Pilantra demais, né? 
REBECA tira um spray de propólis da bolsa, e dá três borrifadas na boca. 
REBECA: Leila Lopes posou nua; Ângela Bismarchi virou cantora e posou nua; Carol Miranda virou cantora, posou nua, fez filme pornô e continuou virgem...
PADRE: Aham...tô sabendo, pode continuar.
REBECA: Viviane Araújo vai mudar pro Oriente Médio com o namorado; Thammy Gretchen tá procurando uma namorada; Netinho de Paula foi eleito vereador em São Paulo... 
PADRE: E o namoro da Miss com o carinha do KLB? 
REBECA: Hum, peraí...Tão juntos ainda. Diz que a Luana Piovani tá grávida do Dado. Ela nega. 
PADRE: Safada demais. 
REBECA: Num é? 
REBECA olha o relógio e fica agoniada. 
REBECA: Está quase na hora! 
PADRE: Então apresse-se! 
REBECA vai passando, uma a uma, cada revista por debaixo da casinha do confessionário. 
REBECA: Sexy Men nº32. Gostosos & Sarados, essa é boa padre. Lolitos da Romênia. E finalmente, Pedreiros Sarados. Tá tudo aqui. Só não achei a tal de Cachorros Quentes. O cara da banca me ofereceu uma revista de culinária e uma de animais de estimação com este nome, mas acho que não eram essas, né?  
PADRE: Ótimo, minha filha. Agora melhor você ir. 
REBECA: Tem certeza que são necessárias mais duas semanas? 
PADRE: É pela purificação. 
REBECA: Está bem.  
PADRE: Vá em paz. 
REBECA sai da igreja. Uma mão coloca uma plaquinha de AUSENTE no confessionário e fecha a janela. Faltam 8 minutos para o início da cerimônia.