quinta-feira, 12 de junho de 2008

A "gerenta" e a ausência da azeitona

A semana corria normalmente até que R$200 misteriosamente apareceram na minha conta do banco. Mais misteriosamente ainda eles sumiram. Bendito banco que percebe os seus erros sem que eu tenha que comunicá-los. Não deu nem tempo de comemorar, muito menos de ir à agência perguntar ao meu gerente o que tinha acontecido.
Aliás, acho tão íntimo essa coisa de falar com o "seu gerente". Às vezes eu penso que queria ter um contato maior com o meu gerente. Não sei nem o nome dele. Na verdade não sei se o meu gerente é gerente ou..."gerenta". Mas a vontade de ser amigo da minha gerenta (prefiro pensar que ela é realmente uma simpática gerenta com a cara da Malu Mader) passa depois que eu percebi que nunca fui à minha agência, nem pra assinar o contrato.
Na verdade, na única vez que precisei de auxílio dos funcionários desse banco, a moça da central de atendimento telefônico resolveu tudo tão rápido. É isso. Sou adepto da teoria "Converse com sua atendente". Ela ainda não é sua gerenta, não é a Malu Mader, mas tenta resolver seus problemas em uma só ligação.
...
Este agrado às atendentes da central de atendimento telefônico deve servir como um acalento ao ego desses profissionais que devem ter algum problema comigo. Depois da saga da Editora Abril que há uma semana me deixou em paz, ontem foi a vez da pizza. Ontem, a Raquel do tele-pizza riu de mim porque eu quis tirar a azeitona da pizza portuguesa.
- Mas é justamente a azeitona que dá o gosto na pizza!
- Eu não gosto de azeitona. Ainda mais essa preta...
- A gente pode trocar pela verde! Sem azeitona fica ruim, sô!
- Eu não gosto de azeitona mesmo, moça.
- Você que sabe... mas ninguém costuma tirar a azeitona...hehehe (riso sarcástico)
- Aham.
- Hahahaha... qual o endereço?
Agora numa pizza que tem quase 12 ingredientes no recheio, apenas um - a azeitona - dá o gosto. Não sei se a pizzaria é ruim, ou a azeitona é milagrosa. O que importa é que a atendente debochou de mim porque eu queria minha pizza sem azeitona. Vou levar esse problema com pessoas ao telefone para a terapia. Se eu fizesse, claro.
Considerações finais: Qual a importância de um 12 de junho se logo amanhã é sexta-feira 13?

3 comentários:

Sandrinha disse...

Sabe que é uma boa pergunta? Uma bela pizza sabor "portuguesa" tem vários ingredientes... Porque raios a azeitona é que daria o gosto? Podemos analisar a questão a fundo. Podemos experimentar vários sabores, com e sem azeitona, e saber qual a diferença.

E quanto a 12 de junho passado... Boa , sobre a sexta 13! rs

Se cuida!

Carol disse...

Eu gosto das azeitonas. Principalmente as pretas. Concordo com a Raquel... no meu caso, pediria pra tirar tudo, dixar só a azeitona. Não gosto de pizza portuguesa.

imagináveis disse...

...e eu que nem estava interessada em pizza portuguesa, azeitona... findei lendo e rindo com o desfecho.
Para quem gosta de ler uma coisa leva a outra.